segunda-feira, janeiro 31, 2011


Uma garota sábia beija mas não ama, escuta mas não acredita e parte antes de ser abandonada.
Tem gente que faz na vida pública o que faz na privada, rs.
Depois dessa história, as outras histórias são só outras.
Perdi alguma coisa que me era essencial, e que já não é mais. Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até então me impossibilitava de andar mas que fazia de mim um tripé estável. Essa terceira perna eu perdi. E voltei a ser uma pessoa que nunca fui. Voltei a ter o que nunca tive: apenas as duas pernas. Sei que somente com duas pernas é que posso caminhar. Mas a ausência inútil da terceira me faz falta e me assusta, era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar.
Clarice Lispector  
Não procure fórmulas certas para tentar se entender. Não busque na internet o que você não consegue encontrar na sua mente. Não coloque no seu perfil do orkut um texto de uma pessoa que tem a personalidade completamente diferente da sua. Não tente entender seu namorado através de comunidades: 'ou me trata bem, ou fica sem'. Não adianta, você vai engolir muitos sapos até se sentir completamente feliz. Não tente fazer uma pessoa entender o que você sente, ela não faz a mínima idéia do que se passa dentro de você. Não existe as qualidades certas de um homem perfeito, então não acredite que um texto de 'encontre o homem que te chame de linda em vez de gostosa...' funcione com você. Não é bem assim. Homens perfeitos não existem. Não até que você consiga se amar primeiro. Não é com textos auto-críticos que você vai conseguir se aceitar. E muito menos se fazendo de vítima para dizerem que você não está gorda. Não pense que textos encontrados na internet vão fazer você achar o rumo pra seguir, ou a melhor decisão a se fazer. Você pode encontrar em um homem a metade das qualidades que você lê em um texto de auto-ajuda. Em outros homens, nem isso. Não deposite todo o seu amor em uma só pessoa, ela vai te decepcionar milhares de vezes e você vai ter que ter alguém (ou alguma coisa) para você se refugiar. Crie a sua própria lista de coisas que você quer fazer antes dos 30, ninguém mais do que você conhece seus segredos e vontades mais ocultos. É na corda de um violão, no som de uma gaita, nas teclas de um piano, nas folhas de um caderno, no afago em seu cachorro, no cumprimento com as suas amigas, nos choros sem ter sentido ou na vitória indesejada é que se encontram todas as respostas de que você precisa, não no Google.
Não há lugar no mundo que eu encontre a felicidade que eu encontro em vocês.
Viver é não esperar a tempestade passar é aprender como dançar na chuva.
Sonhei que eu não precisava mais me preocupar com o dia que tinha que levar. Horários, pessoas e lugares, compromissos a cumprir e eu ficava exatamente aqui, no meu quarto a dormir. Sonhei que eu tinha jogado fora o meu celular e ninguém podia me encontrar, que fiz uma viagem longa com a minha solidão e finalmente eu escutava a voz, a voz da minha intuição. Me deu vontade de fugir bem pra longe daqui e comecei a entender como eu quero viver, e eu passei a sorrir só quando tenho vontade e comecei a sentir a impressão de ser livre, de agora em diante ando assim meio na contramão, mas não perdi a direção, apenas resolvi relaxar e não desmerecer o pouco tempo que eu tenho pra saber o que a vida tem a me dizer.
O que não vale de jeito nenhum, é ficar correndo atrás de quem não gosta de você. Existem tantas pessoas especiais no mundo, e com certeza deve ter alguma pra ti. Se não for nesse ano, espere até ano que vem. Vai passar rapidinho, você vai ver.
A distância faz ao amor, aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande.
O que mexe com o libido das mulheres não é a beleza física, é a inteligência. Tanto que revista de homem nu só vende para gays.
Sou estranha, costumo fazer exatamente o contrário do que a maioria das garotas da minha idade fazem. Não me preocupo com roupas, porém sou irreverente. Não ando espalhando sorrisos por aí, mas coloco meu coração na frente de tudo. Não costumo bancar a certinha e nem andar com os mais riquinhos. Sou esquisita e diferente, mas me sinto feliz sendo assim. Ser igual é muito normal.
O amor é como política, todo mundo tem a sua opinião, algumas mais parecidas com outras. A gente pode passar a eternidade discutindo, mas cada um possui a sua versão de amor, baseada em suas experiências, que obviamente não se comparam a de ninguém mais. O coração faz com que a gente goste e se importe, e o cérebro é quem faz com que o ogro verde se torne nosso príncipe encantado. Amor não é sempre perdoar, 'sempre perdoar' é idiotice, as pessoas erram e nem sempre um 'desculpe-me' vai salvar tudo. Nós, seres humanos, não conseguimos simplesmente 'forgive and forget' e é isso que faz um amor se desgastar, faz do amor algo tão complicado. Acho que o desejo pela pessoa amada é como uma projeção em nosso cérebro, que um dia acaba. Mas eu realmente espero que exista algum modo de voltar ao início da projeção, ou criar uma nova pela mesma pessoa, afinal, sou do partido dos sonhadores, eu acredito, eu preciso acreditar em 'happily ever after'.
Cada um vive como pode e eu não nasci pra sofrer, cara feia pra mim é fome e eu não faço manha pra comer. A vida é como uma escola, e a morte é o vestibular. No inferno eu entro sem cola, mas o céu eu vou ter que descolar. Mas quando alguém precisa de um carinho meu não há nada que me prenda, mas se eu sentir que um bicho me mordeu sou mais ardida que pimenta. No fundo eu sou otimista, mas eu sempre imagino o pior. Me cansa essa vida de artista, mas cada vez o prazer é maior.
O que faz o nosso tempo? Quem será que escolhe? Você ou o destino? Se pensar que tudo que você faz ja é premeditado ou que isso foi uma escolha sua, o destino é o que, nesse contexto? Seria ele o pai ou o "mandachuva" de todas as escolhas de cada pessoa nesse habitat chamado surpresa esperada? Se o meu destino se chama destino e o seu destino se chama destino, nossos destinos são iguais? Ou quem sabe o caminho que cada um segue dá no mesmo lugar, ou quem sabe as pessoas não tem caminho a escolher, são caminhos feitos por uma força maior pra que se sinta seguro em escolher sua própria estrada? Pensar um pouco ao seu redor e notar como são os incidentes ocorridos e como eles interferem em cada pessoa numa cadeia constante e tao sensata. Sortudos aqueles que pensam como pensar e imaginam o que pensar, mas nao pense demais, pois faz mal pra sua visão de mundo. Pense no melhor e no delicado prazer que a vida lhe propoe.
Fabrício Araújo
A vida fica mais fácil quando deixamos de esperar que os outros sejam perfeitos.
Por mais que os ventos soprem uma montanha nunca se inclina.
O rouge virou blush, o pó - de - arroz virou pó - compacto, o brilho virou gloss, o rímel virou máscara incolor. A Lycra virou stretch, anabela virou plataforma, o corpete virou porta-seios, que virou sutiã, que virou lib, que virou silicone. A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento. A escova virou chapinha, "problemas de moça" viraram TPM, confete virou MM. A crise de nervos virou estresse, a chita virou viscose, a purpurina virou gliter, abrilhantina virou mousse. A tristeza depressão, o espaguete virou miojo pronto, a paquera virou pegação. A gafieira virou dança de salão, o namoro agora é virtual, a cantada virou torpedo e do "não" não se tem medo. O break virou street, o forró de sanfona ficou eletrônico, fortificante não é mais biotônico. Bicicleta virou bis, polícia e ladrão virou counter strike, a maconha é calmante, o professor é agora o facilitador. As lições já não importam mais, a guerra superou a paz e a sociedade ficou incapaz, de tudo, inclusive de notar essas diferenças.
Não curto modinhas, abomino mania de grandeza, futilidades, popularidade. Sou diferente, não sigo padrões. Acredito no amor e não em paixonites, embora, eu tenha certo dom pra me interessar por pessoas tontas demais, idiotas demais, ingratas demais, burras demais. É isso.
Eu fico quieta quase não peço nada, e quando é sobre mim, eu fico calada, todo mundo quer saber da minha história, dizem que eu tô sempre tão desligada. Todos estão prontos pra me socorrer, e pedem que eu tome muito cuidado, e me dizem que viver é perigoso, e me pedem que eu não saia de casa. Todo mundo quer cuidar de mim e na verdade o que eu quero é sair.  Todo mundo quer cuidar de mim e na verdade o que eu quero é cair. (...)  Me perguntam se eu levei muita porrada, tem sempre alguém querendo ouvir os meus problemas, tem sempre alguém me perguntando como eu tô e nem adianta dizer: "não houve nada," talvez pareça que eu tô sempre cansada. Todo mundo tem muita boa vontade e eu digo que estou triste, mas eu nem tô, todo mundo quer cuidar de mim (...).
Todo mundo quer cuidar de mim - Brava
Abro o jogo só não conto os fatos da minha vida: Sou secreta por natureza. Há verdades que nem a Deus eu contei e nem a mim mesma. Sou um segredo fechado a sete chaves.
Pouco importa o julgamento dos seres humanos. Eles são tão diversos e tão contraditórios que é impossível satisfazê-los. Só tenha em mente, em simplesmente ser autêntico e verdadeiro.
Levaria uma vida para explicar, que ninguém é exatamente igual.
Lembranças da minha casa, da minha velha infância. Do meu quarto, dos meus brinquedos. Das dificuldades que ali passei, momentos de alegria que hoje não existem mais. Saudade da minha melhor amiga que cresceu e amadureceu comigo. Das coisas que tive e hoje perdi. Necessidade de lembrar de tudo aquilo, de voltar no tempo. Saudade das brincadeiras de rua, dos esfolados no joelho, da ingenuidade, daqueles amigos que hoje não reconheço mais. Aquela minha casa com um quintal grande, com árvores frutíferas, lágrimas que não consigo chorar, dor que não consigo apagar.
Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la.
Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida, uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar. Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder. Este milagre está nos detalhes do cotidiano, é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos. Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.
Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião. Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá. Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias. Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado. Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir. Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso e com confiança no que diz. Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado. Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende e é assim que perdemos pessoas especiais. (...) Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.
Por favor, não me analise, não fique procurando cada ponto fraco meu. Se ninguém resiste a uma análise profunda, quanto mais eu, ciumenta, exigente, insegura, carente toda cheia de marcas que a vida deixou: Veja em cada exigência um grito de carência, um pedido de amor. Amor, amor é síntese, uma integração de dados: não há que tirar nem pôr. Não me corte em fatias, (ninguém abraça um pedaço), me envolva todo em seus braços e eu serei perfeita, amor.
Todos julgam segundo a aparência, ninguém segundo a essência.

domingo, janeiro 30, 2011

E é o seguinte, não vamos enlouquecer, nem nos matar, nem desistir. Pelo contrario: vamos ficar ótimos e incomodar bastante ainda.
Não voltarei ao normal, perdi aquela “inocência” que eu tanto tinha antigamente. Aquela inocência que fazia com que no fundo, bem no fundo, eu mantivesse uma esperança (falsa esperança) de que as coisas fossem mudar, de que as pessoas mudariam. Mas foi pelo ralo minha vontade de querer ser mais legal e gentil e acabou minha vontade de querer gentileza e simpatia. Não faço mais questão de nada, de sentir nada, de querer nada. Antes, eu apenas existia, nem cheguei ao extremo de “viver”. Agora, quero viver, do meu modo, do meu jeito. Não me importo com nada, ninguém existe no mundo que criei e eu não existo no mundo de vocês. Não mais! A lógica disso tudo? Tome cuidado, posso fazer você chorar, e nem me importarei com isso. Eu não existo. Você não existe. A lógica se torna simples.
Quando fico acordada a noite me pergunto se realmente tenho vivido. Será que é assim, para todo mundo? Ou será que algumas pessoas têm mais talento para viver do que outras? Ou será que há pessoas que nunca vivem? Mas simplesmente existem? Então, o medo me pega e vejo um retrato horrível de mim mesma. Eu nunca amadureci. Meu rosto e meu corpo envelheceram, mas por dentro nunca nasci.

Sonho de uma flauta


Nem toda palavra é aquilo que o dicionário diz, nem todo pedaço de pedra, se parece com tijolo ou com pedra de giz. Avião parece passarinho, que não sabe bater asa, passarinho voando longe, parece borboleta que fugiu de casa. Borboleta parece flor, que o vento tirou pra dançar, flor parece a gente, pois somos semente do que ainda virá. A gente parece formiga, lá de cima do avião, o céu parece um chão de areia, parece descanso pra minha oração. A nuvem parece fumaça, tem gente que acha que ela é algodão, algodão as vezes é doce, mas as vezes né doce não. Sonho parece verdade, quando a gente esquece de acordar, o dia parece metade, quando a gente acorda e esquece de levantar e o mundo é perfeito. Eu não pareço meu pai, nem pareço com meu irmão, sei que toda mãe é santa, sei que incerteza traz inspiração. Tem beijo que parece mordida, tem mordida que parece carinho, tem carinho que parece briga, tem briga que aparece pra trazer sorriso. Tem riso que parece choro, tem choro que é por alegria, tem dia que parece noite e a tristeza parece poesia. Tem motivo pra viver de novo, tem o novo que quer ter motivo, tem aquele que parece feio, mais o coração nos diz que é o mais bonito. Descobrir o verdadeiro sentido das coisas, é querer saber demais. 
O teatro mágico 

sábado, janeiro 29, 2011

Só é livre quem deixa de ser escravo de se. 

Deve ser bem dificil se importar apenas com o que os outros pensam, ir somente aonde todos vão. Realmente te admiro por conseguir ter uma personalidade para cada pessoa, mudar de opinião conforme ser conveniente, e no final dizer tratar-se de personalidade. Deve ser bem difícil ser você, assim tão nua de sentimentos, amigos verdadeiros e opinião inteligente. Mas sinta-se feliz, hoje em dia pessoas como você, existem aos montes, só não se aproxime de mim, tipos como você eu não preciso, tipos como você, ninguém precisa e não pense em mudar, pessoas como você não mudam, simplesmente se perdem no meio das próprias mentiras, no meio das próprias alucinações.

Seria fácil se tudo que quiséssemos acontecesse de uma hora para outra, ter respostas para todas nossas perguntas e dúvidas, saber o verdadeiro significado do amor e porque o céu é azul, largar um grande vício em menos de cinco minutos, apostar na mega-sena toda semana e ganhar toda semana também, sair correndo por aí e pular de um grande penhasco sem nos machucarmos ou até mesmo sair vivo dali, ganhar dinheiro sem precisar fazer esforço algum; se preocupando em estudar para ser alguém na vida ou ter um ótimo emprego, fazer o que te der na telha, seja o que for certo ou errado e no final nas contas não se arrepender de nada ou vir as consequências em suas costas, mandar no próprio coração fazendo ele apaixonar-se e desapaixonar-se conforme nossa vontade, entender porque a Terra é redonda entre bilhões de outras coisas. Seria simples e bem mais fácil.
Quando dei por mim já tinha me tornado uma pessoa fria e sem sentimento algum. Por mais que tudo em minha volta se mostrasse feliz, meu rancor era maior que qualquer coisa. Fiquei implicante, chata, mal-humorada e sem educação. Sem entender esses risos descontrolados, e inúteis. Essas frases de impacto que nunca salvarão o mundo, essas pessoas que falam de amor como se fosse algo fácil e simples, pessoas que amam pessoas sem nunca terem se visto pessoalmente, amizades falsas e simplesmente por interesse. Enfim, quando dei por mim, fiquei mais critica e seletiva. Agora só desejo que o mundo me entenda, eu não escolhi ser assim, o mundo me tornou assim. Um dia quem sabe meu senso de ridículo vá embora, e eu volte a gostar do mundo como ele é.
Eu gosto do não se você diz: não viverei sem você. Eu gosto de tudo, tudo o que traz você aqui. Eu gosto do nada, nada que te leve para longe. Eu amo a demora, sempre que o nosso beijo é longo. Adoro a pressa quando sinto sua pressa em vir me ama. 
O mundo só será feliz quando o último pagodeiro morrer enforcado nas cordas de uma guitarra. haha'
Acredite em você mesmo pois é só você que pode se alto julgar. Ouse, arrisque e nunca se arrependa. Não desista jamais e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom ninguém nunca precisou de restos para ser feliz.

Solidão

Achei que seria mais fácil me sobre sair dessa confusão, sem nenhum arrependimento ou com nenhuma sensação de solidão. Tentei interferir no tempo, o que não tinha mais solução e quando me dou conta, estou aqui mais uma vez, ao ponto de partida, já cansada de tantas tentativas. Tive razão muitas vezes e confesso que me sentia melhor quando estava sozinha. A solidão já me causava calmaria, não tinha nenhum medo, nem grandes traumas ou a preocupação de ter que agradar a maioria. Pensei que tomar decisões com um peito de aço e ter frases ensaiadas prontas pra serem ditas me faria bem, mas o resultado não foi o esperado. Me enganei, como outras vezes aconteceram. Tentei permanecer intacta, como se uma solução iria chegar, tudo se solucionar, tempo voltar e novamente, cada coisa em seu lugar. lusão, foi e sempre vai ser em vão, não se pode interferir no tempo e dá menos espaço á quem não merecia. Mas aprendi, nem sempre pode se confiar naquele que, esta próximo, pois o mesmo, sempre esta ali, colhendo as mais preciosas informações e detalhes sobre você.